| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

PRAVDA NEWS
Desde: 06/02/2012      Publicadas: 26527      Atualização: 15/10/2018

Capa |  INTERNACIONAL  |  islam  |  Parana  |  Portugal  |  São Paulo


 Portugal

  21/07/2016
  0 comentário(s)


Deixar o bebê chorando no quarto pode ensinar a dormir, diz estudo

Deixar o bebê chorando no quarto pode ensinar a dormir, diz estudo
Deixar o bebê chorando no quarto pode ensinar a dormir, diz estudo


Não sabe mais o que fazer para que a hora de pôr as crianças na cama deixe de ser um tormento? Não se desespere, há uma luz no fim do túnel. Segundo um novo estudo, deixar o filho chorando no quarto durante intervalos curtos por noites seguidas ou atrasar a hora de ir para a cama não apenas funciona como não deixa a criança estressada nem prejudica o vínculo com os pais.

Mas há um porém. Segundo especialistas, técnicas comportamentais "disseminadas no Brasil em livros como "Nana, nenê" e "A Encantadora de bebês"" são métodos importados que combinam muito mais com sociedades rígidas na educação dos filhos, como as de alguns países europeus e dos Estados Unidos (de onde vem a maioria das pesquisas sobre o assunto), do que com o estilo liberal das famílias brasileiras.

De modo geral, todas as técnicas comportamentais trazem uma melhoria do sono, mas, na prática, os pais chegam ao consultório dizendo que leram tudo sobre elas na internet e que não vão fazer nada disso", conta a neurologista infantil Magda Lahorgue Nunes, coordenadora do grupo de estudos do sono da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Assim, diz a médica, o melhor método para "ensinar" a criança a dormir é aquele que os pais se comprometem a seguir. Além de considerar a rotina da família e a personalidade de cada filho antes de definir uma estratégia, eles precisam ter paciência e resiliência para suportar muito choro e protesto.

A psicóloga Sabrina Grunwald Forte, 37, mãe de Marina, 4, e Felipe, 2, deixou cada um deles sozinho no berço por períodos diferentes. Mesmo assim, recebeu "olhares tortos" da família. "Foi ainda mais difícil com a babá, que morria de pena de ver a criança chorando."

PESQUISA

O estudo, publicado no periódico "Pediatrics", dividiu 43 crianças australianas de 6 a 16 meses de idade, todas saudáveis, mas com problemas de sono, em três grupos.

Em um deles, os pais tentaram a extinção gradual, técnica na qual se permite que o bebê chore por intervalos curtos regulares durante várias noites. O outro tentou atrasar o momento de ir para a cama gradualmente. O terceiro funcionou como controle.

Um ano depois, foi observado que as duas técnicas reduziram o tempo que as crianças demoravam para dormir e que a extinção gradual também diminuiu o número de despertares noturnos em comparação ao grupo controle.

Os níveis de cortisol, hormônio que mede o estresse, estavam normais nos bebês dos três grupos, e não houve diferença nas medidas de bem-estar emocional e comportamental das crianças.

CRÍTICAS

Uma das principais críticas às técnicas que deixam o bebê chorando até pegar no sono é que elas prejudicam a ligação entre mãe e filho e "ensinam" tão somente o sentimento de abandono.

Mas estudos anteriores "nenhum foi realizado no Brasil até agora" já haviam sugerido que não há danos à criança. "Os nossos ancestrais botavam limites e ninguém ficava traumatizado", afirma a neurologista infantil Rosana Cardoso Alves, do departamento de sono da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

A médica diz que entre os seis meses e o primeiro ano de vida do bebê o mais importante é estabelecer uma rotina "incluindo preparar a casa e a criança para o sono" em vez de apelar para uma técnica comportamental.

Os seis meses são um marco importante porque nessa época o bebê saudável não precisa mais acordar para mamar. Mesmo assim, é normal que as crianças despertem durante a noite e voltem a dormir espontaneamente, desde que ninguém interfira.

"Os pais não devem achar que todo resmungo ou agitação significa que o bebê precisa deles, porque sua presença interfere no sono e acostuma a tê-los por perto na hora de dormir", diz a pediatra Anete Colucci, da Unifesp.

Até um ano e meio de idade, a filha mais velha de Audrey Vargas Lustig, 36, Corina, hoje com 5 anos, acordava toda noite devido ao "vício" de mamar. A designer, que também é mãe de Oliver, de dois meses e meio, diz que mesmo com uma rotina estruturada e horário para dormir a filha acordava muito.

"Quando chegou num ponto insustentável, tentamos o 'Nana, nenê' algumas vezes, mas não aguentamos porque ela chorava muito. O que funcionou foi misturar as técnicas e tirar o vício do mamá e do colo de madrugada. O treino durou um mês e pouco e ela passou a virar a noite dormindo."

PROBLEMA NOVO

O sono dos filhos passou a ser um problema para os pais há poucas gerações. Mudanças sociais, como mães que trabalham fora em tempo integral e ficam pouco com as crianças, geralmente à noite, e avanços na medicina que mostraram a importância do sono e as consequências negativas da privação contribuíram para a preocupação com o tema.

"Os pais vivem a angústia de que os filhos estão sendo terceirizados e passam uma dupla mensagem à criança: estão cansados, mas culpados por passarem tanto tempo longe. Eles trocam a leitura, a companhia e a conversa com o filho por um vídeo, um programa, e esperam que seja possível desligar a criança junto com a TV", resume Colucci.

Anos atrás, continua Nunes, não havia discussão: "os pais mandavam dormir e todo mundo ia". "Agora eles estão um pouco perdidos, todo mundo chega tarde e o momento de encontro da família acaba sendo à noite. Essa mudança social influenciou o hábito de sono", completa



  Mais notícias da seção Cidades no caderno Portugal
05/06/2017 - Cidades - Assim começa a crônica de Marcelo Rubens Paiva
Tentei listar alguns momentos que, como entorpecente, nos deram a sensação de euforia, em que acreditamos num futuro melhor.' Assim começa a crônica de Marcelo Rubens Paiva publicada no 'Caderno 2' deste sábado. Estadão....
18/05/2017 - Cidades - FORA TEMER
Além da grande manifestação no domingo, as frentes dos movimentos sociais farão, já nesta quinta-feira, protestos em todo país pela renúncia imediata de Michel Temer e convocação de novas eleições. ...
08/05/2017 - Cidades - Todo dia é dia de Maria
Graças a Deus chegou um novo dia. Obrigada Jesus por mais um dia de vida. amém...
09/04/2017 - Cidades - A era petista acabou em São Paulo
Em uma entrevista recente, o prefeito João Doria disse o que milhões de brasileiros gostariam de dizer a todos aqueles responsáveis pelo desastroso governo petista. O ex-presidente Lula pode discursar e cuspir bravatas para endossar sua suposta candidatura em 2018, mas nunca mais terá o apoio dos brasileiros de bem. A era petista acabou. ...
05/04/2017 - Cidades - Globo afasta José Mayer da próxima novela das 9 após acusação de abuso sexual por figurinista
Uma figurinista acusou o ator José Mayer, 67, de assédio sexual dentro de camarim da TV Globo, no Rio de Janeiro. Ele nega, e a emissora diz que o "assunto foi apurado e as medidas necessárias estão sendo tomadas".Em relato publicado no blog #AgoraÉqueSãoElas, da Folha, na madrugada desta sexta-feira (31), Susllem Tonani, 28, afirmou que o ator co...
02/03/2017 - Cidades - As regras de João Dória
Em toda minha vida como gestor na iniciativa privada, sempre exigi comprometimento e disciplina da minha equipe. Escolhi um time muito qualificado para me acompanhar na Prefeitura e a cobrança será a mesma, afinal, temos um compromisso com os paulistanos. Vamos trabalhar muito pela nossa cidade....
27/02/2017 - Cidades - Del aguacate a la uva: las frutas con menos azúcar
La fruta es el caramelo de la naturaleza, o así es como a algunos les gusta llamarlo. Alguna de estas fuentes naturales de azúcar pueden llegar contener 14 g. en menos de una porción. Si estamos tratando de perder peso, debemos reducir seriamente su consumo o consultar cuáles son las frutas más bajas en azúcar.Sin embargo, antes de eliminarlas de n...
03/02/2017 - Cidades - Após compartilhar dados sigilosos de Marisa, médica do Sírio é demitida
Mensagem viralizou em grupos de whatsapp e motivou manifestações de ódio entre médicosNo dia em que a ex-primeira-dama Marisa Letícia teve sua morte cerebral decretada, um escândalo afetou parte da classe médica do Hospital Sírio-Libanês, onde ela estava internada, em São Paulo.De acordo com apuração do jornal O Globo, uma médica reumatologista ter...
25/01/2017 - Cidades - Dilma detona na Europa e diz que morte de Teori tem que ser investigada
Dilma detona na Europa e diz que morte de Teori tem que ser investigadaDilma Rousseff, concedeu uma coletiva a jornalistas estrangeiros nesta terça-feira 24 em Sevilha, na Espanha, onde abrirá nesta quarta o seminário "Capitalismo Neoliberal, Democracia Sobrante", com a fala "O ataque à democracia no Brasil e na América Latina", na qual denunciará ...
15/05/2016 - Cidades - Noivo morre



Capa |  INTERNACIONAL  |  islam  |  Parana  |  Portugal  |  São Paulo
Busca em

  
26527 Notícias