| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

PRAVDA NEWS
Desde: 06/02/2012      Publicadas: 26058      Atualização: 25/07/2017

Capa |  INTERNACIONAL  |  islam  |  Parana  |  Portugal  |  São Paulo


 INTERNACIONAL

  16/07/2017
  0 comentário(s)


Com plebiscito, oposição mede forças com Nicolás Maduro na Venezuela

Com plebiscito, oposição mede forças com Nicolás Maduro na Venezuela

Com plebiscito, oposição mede forças com Nicolás Maduro na Venezuela   SÃO PAULO  -  A oposição ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, tentará, com o plebiscito deste domingo (16), transformar em votos a rejeição popular mostrada nos protestos à Assembleia Constituinte convocada pelo chavista. Além de opinarem sobre a troca da Carta, os venezuelanos responderão a outras duas perguntas. A primeira é se as Forças Armadas e os funcionários públicos devem ser obrigados a obedecer e defender a atual Constituição e a Assembleia Nacional, dominada pela oposição.   Deverão escolher também se defendem ou não novas eleições “livres e transparentes” e “um governo de unidade nacional para restituir a ordem constitucional”.   Um dos principais líderes da oposição, o ex-presidenciável Henrique Capriles, estimou nesta sexta-feira (14) que 11 milhões deverão votar, ou 55% de todos os eleitores.   O presidente do Instituto Datanálisis, Luis Vicente León, se recusou a dar estimativas, mas considera que um alto comparecimento deverá pressionar mais o governo.   “Pode não evitar a eleição da Constituinte, mas pode fazer Maduro postergar a ativação da assembleia para tentar um diálogo informal com a oposição”, disse.   León afirma, porém, que os números reais de votantes não deverão ser conhecidos devido às condições do plebiscito. A coalizão opositora Mesa de Unidade Democrática (MUD) não teve acesso à relação dos eleitores.   A lista é feita pelo Conselho Nacional Eleitoral, dominado por chavistas e que considerou a consulta ilegal. O órgão convocou para o domingo uma simulação da votação da Constituinte do dia 30.   Não há também seções definidas, motivo pelo qual a própria MUD admite a possibilidade de que os eleitores votem mais de uma vez. “Faz parte da consciência cívica de cada um que não o faça”, disse o dirigente da coalizão Negal Morales na terça (11).   Desde o início dos protestos, líderes internacionais dão seu apoio à oposição. O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, defendeu a participação no plebiscito “para marcar o caminho de retorno à democracia”.




  Mais notícias da seção internacional no caderno INTERNACIONAL
24/07/2017 - internacional - Mi amigo Cazador
Cazador es mi amigo, un amigofiel y valiente que no conoce la traición. El daría su vida por defenderme. Ángel Vivas...
24/07/2017 - internacional - Tiempo de volver a casa!
Tiempo de volver a casa!...
23/07/2017 - internacional - El papa Francisco tendrá dos lugares en Lima para el encuentro con la multitud
El padre Luis Gaspar, director ejecutivo para organizar la visita del papa Francisco en Lima, contó este sábado en RPP Noticias que este tendrá dos puntos de encuentro con la multitud en la capital. ...
23/07/2017 - internacional - Guardia del Papa
Más de 20.000 jóvenes integrarán la "Guardia del Papa" en visita al Perú ...
21/07/2017 - internacional - Ecuador, no tengo palabras
Ecuador, no tengo palabras para agradecerles su cariño. Más de 10 mil almas se dieron cita en mi primer concierto como solista en la ciudad de Guayaquil. Gracias por hacerme sentir en casa, este es el primero de muchosNacho ...
19/07/2017 - internacional - Esta noche:
Esta noche: acepta lo que es.,suelta lo que fue y ten fe en lo que será.Amén ...
18/07/2017 - internacional - VENEZUELA DIJO SÍ A UN MEJOR PAÍS.
vENEZUELA DIJO SÍ A UN MEJOR PAÍS....
16/07/2017 - internacional - Plebiscito da Venezuela em São Paulo
hoje dia 16 de julho plebiscito da Venezuela...
15/07/2017 - internacional - Contra todo este 16 salgamos a votar así
Contra todo este 16 salgamos a votar así ...
15/07/2017 - internacional - En su lanzamiento de campaña, Cristina Fernandez de Kirchner advirtió
En su lanzamiento de campaña, Cristina Fernandez de Kirchner advirtió: "Si los ven tristes, desesperanzados y desunidos, este gobierno va a hacer cualquier cosa. Por eso mi misión es darles esperanza". ¿Qué opinás sobre lo que dijo?...
14/07/2017 - internacional - Oscar Pérez el nuevo líder de la oposición en Venezuela
Oscar Pérez el nuevo líder de la oposición en Venezuela...
14/07/2017 - internacional - TODOS VAMOS A LIBERTAR A VENEZUELA!
¡TODOS VAMOS A LIBERTAR A VENEZUELA!El 16J >>>>> SI - SI - SI ...



Capa |  INTERNACIONAL  |  islam  |  Parana  |  Portugal  |  São Paulo
Busca em

  
26058 Notícias


islam
 

internacional

 

Liberdad ya para nuestro hermano Leonardo Guzmán